Os Mistérios por Trás do Desaparecimento dos Requerimentos Minerais na Terra Yanomami

por Eng. de Minas Mario A. Ortega Noriega
238 views

Os Mistérios por Trás do Desaparecimento dos Requerimentos Minerais na Terra Yanomami

Uma tragédia silenciosa assola o povo Yanomami no coração da Amazônia, enquanto um manto de mistério encobre a verdade por trás dos requerimentos minerais que desapareceram do sistema SIGMINE (Sistema Integrado de Gestão de Mineração). O que começou no monitoramento dos requerimentos minerais de nossos clientes na Amazônia, revelou uma série de eventos inacreditáveis, que lançam luz sobre um dos episódios mais sombrios da política mineral brasileira.

A Busca pelos Responsáveis do Garimpo Yanomami

Em uma jornada iniciada em 9 de fevereiro de 2023, nos aprofundamos na Terra Yanomami, um território protegido por lei e lar de um dos últimos povos indígenas isolados do Brasil. Nosso objetivo era identificar os verdadeiros responsáveis pelo garimpo que vinha devastando a região, com impactos ambientais e sociais avassaladores (Vide Foto 01).

Requerimentos Minerais Rorâima

Requerimentos Minerais Roraima – FOTO 01

O que encontramos foram garimpeiros clandestinos, muitos deles atuando como operários, mas nenhum deles revelava informações sobre quem os havia contratado. A trilha nos levou aos requerimentos minerais no sistema SIGMINE (que tem uma base de dados fantástica, devidamente georreferenciada, de todo território nacional ), onde se espera encontrar os titulares legais das áreas requeridas para mineração, engenheiros de minas e geólogos responsáveis técnicos.

* Nota: vale ressaltar que nenhum destes requerimentos minerais, em terra Yanomami, chegaram ao fim do processo mineral, conseguindo a PORTARIA DE LAVRA, título este concedido apenas para duas empresas no estado de Roraima nos últimos 60 anos.

O Mistério do Desaparecimento dos Requerimentos Minerais

Em 18 de fevereiro de 2023, quando continuamos nossa pesquisa, deparamo-nos com uma reviravolta inacreditável: grande parte dos requerimentos minerais relacionados à Terra Yanomami havia desaparecido do SIGMINE/Cadastro Mineiro. Uma análise detalhada revelou que, em 3 de março de 2023, não existia mais nenhum processo de requerimento mineral registrado na área. (Vide Foto 02 e 03)

Requerimentos Minerais Roraima nas terras Yanomami - FOTO 02

Requerimentos Minerais Roraima nas terras Yanomami – FOTO 02

Requerimentos Minerais Roraima nas terras Yanomami - FOTO 03

Requerimentos Minerais Roraima nas terras Yanomami – FOTO 03

A questão que se impõe é: quem teria o poder tão grande de penetrar nas entranhas do Ministério das Minas e Energia e na Agência Nacional de Mineração (ANM) para remover esses registros? Como pode desaparecer de maneira tão abrupta e completa a documentação que poderia revelar os responsáveis legais por esses requerimentos?

As Implicações e Perguntas Sem Respostas

Esse mistério é profundamente perturbador e levanta questões fundamentais:

  • Cumplicidade ou Negligência? – Seria esse desaparecimento resultado de uma cumplicidade obscura ou simples negligência por parte de funcionários governamentais?
  • Interesses Obscuros? – Quem se beneficiaria com a eliminação desses registros? Há interesses ocultos em jogo?
  • Transparência e Responsabilização – Como podemos garantir a transparência e responsabilização em um sistema onde os registros podem desaparecer misteriosamente?

Conclusão

À medida que a busca pelos responsáveis pelo garimpo Yanomami se aprofunda, uma cortina de mistério e preocupação se estende sobre os requerimentos minerais que desapareceram do SIGMINE. A tragédia que assola o povo Yanomami agora se entrelaça com uma trama mais ampla de segredos e irregularidades. Enquanto investigações mais profundas são necessárias para revelar a verdade, uma coisa é certa: a preservação da Terra Yanomami e dos direitos de seus habitantes nunca foi tão crucial quanto agora. Este é um chamado para ação, responsabilidade e justiça, em nome dos Yanomami e de todos aqueles que lutam pela proteção dos povos indígenas e da Amazônia.

Você pode querer ler também

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Esperamos que você esteja de acordo com isso, caso deseje, você pode recusar. Aceitar