Lições Não Aprendidas – O Perigo das Barragens de Rejeitos Minerais

por Eng. de Minas Mario A. Ortega Noriega
234 views

Lições Não Aprendidas – O Perigo das Barragens de Rejeitos Minerais

O desastre de Brumadinho (MG) ecoou como um grito de alerta que ainda não foi completamente ouvido. A ruptura da barragem deixou cicatrizes profundas e revelou as sérias falhas nos sistemas de construção de barragens, conhecidos como ajustante e amontante.

Viver nas Sombras das Barragens

Brumadinho mostrou que não apenas a segurança das barragens está em jogo, mas também a segurança das cidades vizinhas. Morar perto dessas estruturas tornou-se um risco que ninguém deveria correr. Além disso, a construção de escritórios administrativos abaixo do nível da barragem, como ocorreu em Brumadinho, é uma receita para o desastre.

Não podemos permitir que o sacrifício das vítimas seja em vão. É imperativo que apliquemos novos sistemas de contenção de rejeitos, mais seguros e confiáveis, para evitar que tragédias como essa se repitam.

A Ilusão da Segurança: Barragens sem Estrutura (FOTO 01)

A Ilusão da Segurança: Barragens sem Estrutura (FOTO 01)

A Ilusão da Segurança: Barragens sem Estrutura

As câmeras de monitoramento da Vale do Rio Doce revelaram uma verdade assustadora: a barragem de Brumadinho não tinha sustentação estrutural real. Era apenas um grande aterro. Essa ilusão de segurança pode estar escondida em muitas outras barragens pelo país. (vide FOTO 01)

Empresas de mineração têm usado o sistema de barragens ajustante e amontante por anos, simplesmente porque é mais barato. Isso levanta a questão crucial: o que é mais importante para essas empresas, o interesse econômico ou a segurança das comunidades impactadas?

Mudança Urgente e Responsável

A persistência em utilizar barragens de rejeitos e a falta de controle de emissões e efluentes são questões que exigem nossa atenção imediata. Empresas e autoridades devem investir em tecnologias seguras e sustentáveis para o gerenciamento de resíduos e fortalecer as regulamentações e a fiscalização.

Além das empresas, engenheiros de minas e geólogos têm um papel fundamental na prevenção de tragédias como Brumadinho. A omissão técnica pode ser tão prejudicial quanto a ação negligente.

Atravessando 2023 com Lições Ignoradas (FOTO 02)

Atravessando 2023 com Lições Ignoradas (FOTO 02)

Atravessando 2023 com Lições Ignoradas (FOTO 03)

Atravessando 2023 com Lições Ignoradas (FOTO 03)

Atravessando 2023 com Lições Ignoradas

Em 2023, continuamos a implantar o mesmo tipo de barragem que causou a tragédia de Brumadinho, como exemplificado pela construção da barragem no município de Craibas, Alagoas, pela empresa Mineração Vale Verde do Brasil Ltda. O desafio persiste: aprender com o passado ou repeti-lo. (vide FOTO 02 e 03)

A lição é clara: o compromisso com a preservação do meio ambiente e o bem-estar das comunidades deve ser prioridade em todas as etapas dos empreendimentos de mineração. Não podemos permitir que Brumadinho seja esquecida, nem que tragédias semelhantes continuem a assombrar nosso futuro. É hora de agir, é hora de mudar.

Você pode querer ler também

Deixe um comentário

1 comentário

Susan Gabriel 16 de March de 2024 - 20:27

It is appropriate time to make some plans for the longer term and it is time to be happy.

I’ve learn this post and if I may just I want to
counsel you some fascinating things or tips. Perhaps you
could write next articles referring to this article.
I want to learn more things about it!

Resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Esperamos que você esteja de acordo com isso, caso deseje, você pode recusar. Aceitar